fbpx

Carrinho

Não há nada que desgrace mais a mente e o corpo humano do que a Pré-ocupação. Ficar ansioso por eventos/problemas que sequer aconteceram ou que jamais acontecerão, adoece até os ossos.
Dizem por aí, que a preocupação é semelhante a um homem bem velho, de barbas e cabelos brancos, que anda de cabeça baixa e mui infeliz, carregando um “fardo de penas” que pesa chumbo.
Eu sei! As notícias dos últimos dias não são das melhores. Estamos em meio à pandemia, e parece que tudo vai afundar num apocalipse. As pessoas estão brigando nos supermercados, agindo egoistamente levando mais do que os braços podem carregar, enquanto outros sequer conseguem
comprar uma unidade.
Estamos em pleno século XXI e por vezes, temos a impressão de que seremos pisoteados por uma manada de humanos… Mas gostaria de lhe convidar a ter PAZ. E aí, topa?

O Dr. Augusto Cury, psiquiatra e neurocientista ao estudar o homem mais inteligente que já existiu: Jesus de Nazaré; pode nos mostrar segundo a ciência que Ele fora um homem como nós, que superou diversos obstáculos, epidemias (lepra) e crises financeiras.

Jesus sendo Deus vestiu-se de homem e deixou uma promessa extraordinária para os momentos conflituosos que nós iriamos a enfrentar: Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize – João 14.27.

E é justamente sobre está paz de Cristo, que venho despertar neste conteúdo. A minha missão é despertar o seu talento em todos os âmbitos, por isso, acalme-se!

As crises chegarão e elas também passarão fazendo de nós mais fortes, criativos e insuperáveis. Tente estudar as várias crises mundiais que no decorrer dos anos viemos enfrentando e como cada uma delas fez de nós indivíduos mais qualificados.
Em 1929, A Grande Depressão foi considerada o pior e o mais longo período de recessão econômica do século 20. Este período de depressão econômica causou altas taxas de desempregos, quedas drásticas na produção industrial, preços de  ações e em praticamente todo o medidor de atividade econômica, em diversos países no mundo. Assim, milhares de acionistas perderam, literalmente da noite para o dia, grandes somas em dinheiro. Muitos perderam tudo o que tinham.

Todos estavam desesperados, sem motivação e sem saber o que fazer para sobreviver financeiramente. As crianças iam para as ruas pedir empregos para os seus pais, várias famílias tiveram que entregar os seus filhos para outras famílias as criarem, por não terem condições de sustentá-las. Imagine só?

Talvez você pense: Mas não se tratava de um vírus como o COVID-19. Verdade! Mas nós temos experiências suficientes para driblar essa pandemia, e vamos superá-la também. Será mais uma para a conta!
Cabe a nós manter a calma, ter esperanças e paz naquele que não dorme nem tosqueneja. Deus.
Vai passar! Enquanto isso…

 Aproveite este período para revisitar o planejamento estratégico do seu negócio, assim você poderá “retornar mais forte”;

 Faça reuniões via hangouts (vídeo chamadas) com seu time para estruturar uma campanha de drible à coronacrise. Ouça o seu “pelotão de frente”!

 Busque estratégias para diferenciação;

 Revise seu mix de serviços/ produtos;
No mais, seguimos em frente, sem desistir ou desanimar. Não caminhe só! Estamos juntos. Para finalizar, deixo a citação de Winston Churchill –
primeiro-ministro britânico de 1940 a 1955:
“A lição é a seguinte: nunca desista, nunca, nunca, nunca. Em nada. Grande ou pequeno, importante ou não. Nunca desista.
Nunca se renda à força, nunca se renda ao poder aparentemente
esmagador do inimigo.”
E lembre-se: Um ladrão rouba um tesouro, mas não furta a inteligência. Uma crise destrói uma herança, mas não uma profissão. Não importa se você não tem dinheiro, você é uma pessoa rica, pois possui o maior de todos os capitais: a sua inteligência é seu maior triunfo em tempos difíceis.
(Augusto Cury).

Até a próxima, campeão (a).

X